Gestão de compras: 3 erros que você não deve cometer na compra de produtos para sua revenda agrícola

Gestão de compras: 3 erros que você não deve cometer na compra de produtos para sua revenda agrícola

Tempo de leitura: 4 minutos

A gestão de compras é uma atividade de extrema importância para o dia a dia de toda atividade que visa a comercialização de mercadorias. Neste contexto, ela é eficaz e fundamental para o sucesso de revendas agrícolas, visto que a saída e a entrada de insumos, medicamentos, ferramentas e demais elementos é constante e dinâmica.

Uma boa gestão de compras é feita por um planejamento bem conduzido, garantindo maior lucratividade e eficácia para o futuro do negócio. Porém, muitas revendas realizam suas compras de insumos no impulso, sem o devido planejamento, deixando o negócio acontecer naturalmente (e, muitas vezes, erroneamente!).

Muitos proprietários de revendas talvez não saibam que diversos erros cometidos em suas compras podem comprometer o negócio de forma bastante séria. Por isso listamos os três principais erros que todo dono de revenda agrícola não pode cometer na sua gestão de compras. Acompanhe.

Erro 1: Falha ou falta de planejamento das compras

Como gestor de uma revenda agrícola, você sabe que o planejamento talvez seja a parte mais chata, porém é a mais importante do negócio, certo? É com um bom planejamento que você tem a oportunidade de determinar suas metas de vendas e, consequentemente, de compras, objetivando deixar seu estoque sempre nas quantidades necessárias.

Porém, diversos donos de revendas não têm o planejamento necessário, e acabam comprando o desnecessário e deixando o que realmente é preciso. Aqui no blog da Multitécnica escrevemos um artigo com 9 produtos que não podem faltar no estoque da sua revenda agrícola que pode lhe auxiliar nessa percepção do que é realmente necessário ou não.

Outro sério erro relacionado ao planejamento é não realizar as compras no momento correto. Por exemplo, no plantio, o produtor irá precisar de fertilizantes disponíveis, na época de vacinação, ele precisará ter vacinas à pronta-entrega. O papel da sua revenda agrícola é fornecer o que o cliente precisa, mas para isso você deve se planejar antecipadamente e contatar seu fornecedor no momento certo para que ele tenha tempo hábil para lhe entregar o produto.

Erro 2: Comprar em excesso ou deixar faltar mercadoria

Todo dono de revenda agrícola sabe que estoque em excesso é considerado capital parado. Desse modo, quando mercadorias são compradas em quantidade demasiada, existe aumento dos custos operacionais, com consequente comprometimento do capital de giro. Além disso, há o risco de perdas por falta de saída ou perecibilidade de determinadas mercadorias.

Além do excesso de mercadoria, a falta dela também configura um grave erro da gestão de compras. A frase que nenhum produtor gosta de ouvir é: “Não temos esse produto hoje, volte semana que vem”. Se ele está atrás da mercadoria, é porque precisa dela, e, por você não poder vender, uma concorrente com certeza vai.

Para solucionar o problema de falta ou excesso de mercadoria ocasionada pela má gestão de compras é importante que você tenha um eficiente balanço de estoque, no qual estejam contabilizados os produtos disponíveis. Faça, também, uma programação de suas compras com um calendário de compras de acordo com a demanda identificada pelo histórico. No nosso artigo Gestão de estoque: 5 dicas para não deixar faltar produtos na sua revenda de insumos agrícolas você pode compreender mais sobre essa gestão de estoque.

Erro 3: Falta de relacionamento com o fornecedor

Este talvez seja o erro mais grave e recorrente quando falamos em gestão de compras. Você, como comprador de insumos e mercadorias, sabe que sua revenda deve fornecer uma grande gama de produtos aos clientes. Para isso, certamente entra em contato com diversos fornecedores, que são diferentes entre si, cada um com suas características específicas e condições.

O erro está na falta de não ponderar os 5 tópicos essenciais, e que mantêm o equilíbrio na compra de qualquer produto: preço, qualidade, flexibilidade de entrega, condição de pagamento e credibilidade. O erro se torna ainda mais sério quando o comprador cai na cilada de comprar a mercadoria mais barata, se esquecendo de considerar a qualidade, que muitas vezes é duvidosa.

O seu cliente busca um produto que tenha bom preço, qualidade e disponibilidade. Se você não oferecer isso, pode dar um tiro no próprio pé ao ver a mercadoria empacando no estoque da sua revenda agrícola ou perder a disputa para a revenda concorrente, que tem o produto para pronta-entrega.

Assim, é muito importante que você pondere as suas compras na busca da garantia de boa qualidade por um preço justo e na quantidade necessária. A melhor forma de fazer isso é conhecendo seus fornecedores para que a confiança seja mútua: garantia de pagamento, qualidade, preço justo e entrega da mercadoria.

Ter uma lista de fornecedores com boa credibilidade e bom relacionamento é a medida mais simples e eficiente para garantir uma boa gestão de compras.

Busque seguir estas 3 simples dicas. Com elas, você fará uma gestão de compras mais organizada, garantindo bom relacionamento com seu fornecedor e com seu cliente. Se ficou alguma dúvida sobre as etapas do processo, escreva pra gente pelos comentários e até a próxima.

Deixe seu comentário aqui