Fertilizantes Salvam Vidas

Fertilizantes Salvam Vidas

Tempo de leitura: 2 minutos

A ONU estima que 102 pessoas morram por minuto ao redor do mundo. Os motivos são os mais variados possíveis. Mas esse número que parece assustador, já foi muito maior em outras épocas, guardado como devidas proporções temporais.

 

Quando a medicina ainda não era tão avançada, infecções e contaminações estavam entre os maiores inimigos de uma vida longa e saudável. Milhões de pessoas morriam em decorrência destes males.

 

O avanço da medicina e a incorporação de tecnologias para o saneamento básico, pasteurização e higiene pessoal transformaram a rotina do homem. A vida começou a se prolongar. Hoje existem cada vez mais pessoas no mundo e todos precisam se alimentar.

 

Diante destes fatos, diversas universidades e entidades começaram a estudar quais os principais fatores que fizeram o homem viver mais e quais as tecnologias que farão todos se alimentar. Em ambos os casos os fertilizantes aparecem como grande parte da solução.

 

A Revolução Verde na Agricultura e os fertilizantes

 

Na antiguidade os adubos e fertilizantes já eram usados na agricultura por chineses e romanos. Já no final do século 19 a tecnologia evoluiu na Europa e a partir de 1909 o desenvolvimento de fertilizantes sintéticos abriu caminho para o aumento da produção agrícola.

 

Como consequência deste avanço, em 1945 teve início a conhecida Revolução Verde. A indústria agrícola decolava. A produção de alimentos cresceu de forma exponencial e hoje os fertilizantes respondem por 50% da produção de alimentos em todo o mundo.

 

A importância dos fertilizantes para alimentar o mundo se torna cada vez maior, já que a população mundial crescerá muito nas próximas décadas. Hoje o planeta possui em torno de 6,8 bilhões de habitantes. Entretanto, a Food and Agriculture Organization (FAO), estima que a produção de alimentos tenha que aumentar em cerca de 70% até 2050. Isso se justifica, pois até lá, seremos mais de 9 bilhões de pessoas na Terra.

 

Alimentos para viver mais e melhor

 

Com tantas inovações tecnológicas ocorridas no século 20 a expectativa de vida entre os anos de 1900 e 2015 mais que dobrou. Atualmente a expectativa global já supera a marca dos 70 anos. A melhora na alimentação contribuiu imensamente para que esse número fosse alcançado.

 

Mas quais avanços foram importantes para alcançar essa marca? Segunda pesquisa recente da Universidade de Yale, nos EUA, uma descoberta de fertilizantes já ajudou a salvar 2,7 bilhões de vidas desde o início do século 20. Outras pesquisas americanas apontam que os fertilizantes estão entre as 50 inovações que mais salvaram vidas no mundo. É assim que, enquanto a produção de alimentos avança, os fertilizantes colaboram com a alimentação mais e melhor do mundo.

 

Deixe seu comentário aqui