5 dicas valiosas para uma boa negociação com fornecedores de fertilizantes

5 dicas valiosas para uma boa negociação com fornecedores de fertilizantes

Tempo de leitura: 4 minutos

Você tem uma revenda agrícola que oferece diversos produtos agrícolas, como os fertilizantes – tão importantes para a elevação da produtividade das lavouras?

Então, certamente, você precisa negociar quase que diariamente com uma diversidade bem grande de fornecedores destes produtos, com cada um deles apresentando características particulares, como preço, prazo de entrega, qualidade, forma de pagamento, etc.

Para tornar a negociação da compra dos fertilizante mais eficiente, você, no papel de gerente de uma revenda agrícola, deve adotar algumas medidas estratégicas para que consiga se posicionar e fazer uma boa negociação e uma eficiente gestão de fornecedores, como já discutimos neste texto.

Por isso, veja 5 das dicas mais importantes que garantem melhor negociação entre sua revenda agrícola e seus fornecedores de fertilizante.

#1. Esteja com o planejamento em dia

O uso de fertilizante por parte do produtor costuma seguir um ciclo operacional próprio, por isso ficar atento ao período da safra e a necessidade de fertilizantes para cada período é fundamental.

Assim, o ideal é que sua revenda tenha um planejamento diferenciado para a compra dos diferentes tipos de fertilizante, observando principalmente a quantidade de cada composto, assim você poderá se preparar, tanto financeira, quanto administrativamente.

Nesse planejamento, sua revenda deve avaliar quais são as projeções da safra, suas demandas e necessidades, além de analisar todo o mercado, afinal, informação prévia é fundamental para uma boa negociação.

#2. Negocie longos contratos de compras do fertilizante

A negociação de contratos mais longos pode ser uma saída vantajosa para quem precisa de um artigo que venda bastante e que não pode faltar na loja, caso do fertilizante.

Negociar longos contratos oferece segurança tanto ao fornecedor, quanto à revenda, garantindo que o preço não fique flutuando drasticamente por algum motivo. Essa estratégia também se faz interessante para quem não quer perder determinado fornecedor para algum concorrente que talvez esteja disposto a pagar mais.

#3. Saiba o que você realmente quer

Em qualquer processo de negociação é importante que o comprador apresente ao fornecedor o que ele quer. Este querer tem relação quanto ao tipo, à quantidade, à qualidade e ao preço.

É o que se costuma chamar de poder de barganha. A barganha nada mais é que fazer uma troca de concessões, onde o comprador cede de um lado e, em troca, a o fornecedor cede do outro.

Se você não tiver certeza do volume de fertilizantes que vai comprar, se não sabe quanto pode pagar, nem quando vai precisar, você ficará sem argumentos para a negociação; e o despreparo durante a negociação te deixará à mercê do seu fornecedor, você possivelmente sairá perdendo.

Em razão disso, é extremamente importante transmitir que você conhece bem suas necessidades, além de saber o preço médio e o prazo de entrega dos outros fornecedores. Portanto, antes de negociar tenha seus argumentos prontos e bem estruturados.

#4. Mantenha um contato mais amistoso com seu fornecedor

Em todos os ramos que envolvem a compra de produtos, seja na indústria, no comércio e no agronegócio, é importante que exista a cordialidade mútua e a confiança entre compradores e fornecedores.

Este contato deve ser constante e amistoso. Isso porque quanto maior a proximidade entre as partes, o clima amistoso e a frequência das negociações, maiores as opções de flexibilização dessa relação comercial, principalmente na questão de preços, quantidades e prazos para pagamento e entrega do produto.

Neste sentido existe um jargão muito comum na área de administração que engloba o processo de negociação: “só se pode vender bem, quando se compra bem”.

Logo, ter uma gestão de compras eficiente e fazer uma boa gestão de estoque é fundamental para que sua revenda consiga se destacar no mercado do fertilizante e consiga bons preços a seus clientes e parceiros.

Assim, a negociação com o fornecedor tem um papel fundamental, influenciando na tomada de decisões — como a formação dos preços e a definição de prazo que os clientes da revenda possuem paga pagamento.

#5. Busque conduzir uma negociação flexível

Já dissemos aqui que na negociação de compra de qualquer fertilizante, é importante que se tenha informações prévias quanto ao tipo, volume, qualidade e preço desejados.

Entretanto, para uma negociação eficiente não é recomendado que você se restrinja a um único preço ou prazo, por exemplo, sendo fundamental que você considere um limite de flexibilidade.

Dessa forma, é recomendado que você adote uma margem de negociação mais elástica com seu fornecedor de fertilizante, mas é claro, não finalize uma negociação onde o único que irá ceder será você, adote um limite.

Lembre-se de que nenhuma negociação é, e nem deve ser, unilateral. Em alguns casos devemos ceder um pouco para que a negociação traga benefícios para os 2 lados. É o que chamamos de política do ganha-ganha.

Assim, você deve sempre que se comportar da forma mais firme possível, mas busque ter flexibilidade suficiente para viabilizar um bom acordo na compra deste produto.

Gostou destas importantes dicas de negociação? Então aproveite e veja o catálogo de fertilizantes da Multitécnica.

Deixe seu comentário aqui